A saúde do Futebol depende dele se libertar da Rede Globo! O Futebol NÃO é vermelho e preto! A FlaPress existe! Sem ter quem
    acredite nela, a mentira não anda. Combata a FlaPress repassando a verdade que você já sabe para amigos NÃO flamenguistas.

Héverton da Portuguesa era a última chance para salvar o Flamengo

Postado por Aqipossa Informativo | terça-feira, 27 de setembro de 2016

Ideia usada para negar o envolvimento do Flamengo com a Portuguesa em 2013 é posta à prova e destruída. Flamengo foi salvo por Héverton da Portuguesa.


Será que Héverton sabia o que estava fazendo na última rodada do campeonato brasileiro de 2013? Se contaram ou não à ele, não se pode saber, nem quando, nem como. De qualquer forma, o Flamengo jogou às 19h no Sábado e a Portuguesa à tarde do Domingo.

Não se pode prioritariamente ligar a concentração de Héverton com a falcatrua armada para salvar o Flamengo. Héverton, se realmente se concentrou, teria se concentrado para aguardar o julgamento esperando, ou torcendo, por uma absolvição, talvez até acreditando que se não fosse de fato absolvido, apenas estaria lá dando apoio aos companheiros, como é comum em casos de jogadores contundidos, por exemplo. Isso, se, e apenas se, ele realmente se concentrou.

Nunca de fato comprovaram isso e nem sequer citaram em que lugar foi a concentração. Há indícios de que ele não se concentrou, já que o site LusaNews adulterou sua matéria sobre a concentração do elenco de uma que não citava Héverton, para outra que passava a citar, mas esqueceu que o site Siga, que era na verdade uma plataforma de divulgação de notícias que repassava os Feeds de diversos outros sites, já havia repassado a notícia original sem Héverton ser citado.

Héverton da Portuguesa era a última chance do Flamengo


Héverton da Portuguesa salvou o Flamengo

Para o Flamengo, tendo Héverton da Portuguesa realmente se concentrado, seria mais fácil para o esquema usá-lo do que ele ter que ser chamado às pressas, isso porque Gilberto, a primeira solução, se negou a jogar. Em momento algum se pode afirmar que Héverton aceitou jogar a última partida conscientemente do que é acusado, estando concentrado ou não. Por isso ele pode ter sido avisado que iria jogar até mesmo no próprio Domingo, sob qualquer pretexto que não ficasse claro para ele, que fosse para salvar um outro time. Héverton da Portuguesa não precisava saber de detalhes.

Deve-se desvincular o fato de ele ir concentrar com o fato de ser a prévia salvação do Flamengo. São momentos diferentes. Necessidades diferentes. Motivos diferentes. Seja lá o que for, Héverton da Portuguesa era o cara certo, na hora certa e no lugar certo. Isso, se, e apenas se, ele realmente concentrou.

Mas há o fato de terem sido ambos, Héverton e André Santos, julgados no mesmo dia, hora e local. Michel Assef, advogado do Flamengo, ao ser informado do erro de André Santos no Sábado, (já no intervalo do jogo provavelmente) pensaria primeiro em rever o julgamento para tentar encontrar uma brecha na Lei, ou algum erro no julgamento, ou qualquer coisa que anulasse a punição. Não achou.

O que achou foi Héverton da Portuguesa suspenso. E Assef sabia que ele jogaria no dia seguinte, pois a última rodada sempre é jogada no mesmo dia e horário. Mas em 2013 o Flamengo antecipou sua partida com o pretexto da entrega de faixas. (Flamengo campeão da Copa do Brasil e Cruzeiro campeão antecipado do Brasileirão) Não era preciso procurar saber se Héverton jogaria Domingo ou se já estava jogando Sábado. Ele não era nem do Flamengo, nem do Cruzeiro, adversário rubro negro. Toda a diretoria do Flamengo soube naquele momento que Héverton da Portuguesa era a última saída para salvar o Flamengo.

O flamenguista e a Matemática. Que merda, hein, Círio? - Atualizado

Postado por Aqipossa Informativo | segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Torcedor flamenguista não consegue responder sobre o rebaixamento do Flamengo em 2013 e se enrola com a Matemática. Só faltou o Aqipossa desenhar


Flamenguista não sabe Matemática
Em matéria escrita pelo grande tricolor Paulo Ricardo Paúl, o Coronel autor do livro O Escândalo do Brasileirão 2013 – Como o Flamengo Foi Salvo do Rebaixamento, sobre a ESPN insistir em dizer que o Fluminense foi beneficiado em 2013 e em não citar o Flamengo na Operação Flamenguesa, que de fato, livrou foi o Flamengo do rebaixamento à Série B em 2013, um flamenguista, (coitado, não tem culpa de não raciocinar) deixou um comentário mostrando, entre erros de Português e gramática, que desconhece totalmente o que ocorreu no Brasileirão de 2013.

Círio, o mulambo, acha até que tanto a Lusa quanto o Flamengo, tinham pontos para se salvar do rebaixamento, o que não faz sentido, já que a Lusa caiu.

Comentário de flamenguista

Partindo dessa insuficiência de inteligência, uma conversa tem início para tentar encontrar uma simples resposta de Círio:

Sem Héverton em campo naquele Domingo, quem seria o rebaixado? O Flamengo com menos pontos que o Fluminense ou o Fluminense com mais pontos que o Flamengo?
O Aqipossa explicou ao desprovido que também não é difícil de entender que não existe outro time que tenha sido salvo pela portuguesa que não o Flamengo. Isso porque, não adiantava ter pontos, como ele mesmo diz, para escapar do rebaixamento, se o regulamento tirou justamente os pontos de “segurança” que tinham. Nesse momento, o Fluminense passou a estar na frente de ambos na tabela. Fácil compreender que se Héverton não entra em campo, a Lusa não perde tais pontos e quem cairia seria o Flamengo.

Dissemos também que o que não se pode aceitar da Imprensa é que ela não fale sobre isso, como se este fato matemático não existisse. Claro que o Fluminense se salvou com essas irregularidades da 38ª rodada, mas foi pelo erro do Flamengo. Excluir este lixo de time na trama só induz que a Imprensa tem algo a esconder, que qualquer torcedor centrado e não inerte nos pensamentos já sabe o que é.

O ponto não é quem salvou o Fluminense da queda, mas quem foi salvo pela Portuguesa. A resposta vem com a pergunta feita acima: Sem Héverton em campo naquele Domingo, quem seria o rebaixado? O Flamengo com menos pontos que o Fluminense ou o Fluminense com mais pontos que o Flamengo?

O flamenguista foge da resposta


Na primeira tentativa, a resposta não veio. Círio parece ser mais um mulambo como qualquer outro.

Comentário de flamenguista iludido

Se o Aqipossa não se surpreende com a incapacidade rubro negra de usar pontuação gráfica, porque se surpreenderia com a de se defender de acusações, não é mesmo? Tudo se resume ao limite imposto pela evolução desta espécie, que provavelmente, por uma ausência qualquer dentro da cabeça, torna impossível ir além do já gravado no automático, "choro", "inveja", "recalque" e talvez algum sinônimo esporádico de algum deles, que tenha sido ouvido de um outro flamenguista um pouco menos estúpido.

Reforçamos novamente a pergunta, lembrando que tudo isso ocorreu nos comentários do Blog Coronel Paúl. Esperamos pois, a resposta: Sem Héverton em campo naquele Domingo, quem seria o Rebaixado? O Flamengo com menos pontos que o Fluminense, ou o Fluminense com mais pontos que o Flamengo?

O flamenguista foge a segunda vez


Dessa vez, usando algumas vírgulas e pontos, mas nem todos que precisava, Círio fala, fala, fala… Mas não responde nada.

Comentário de flamenguista fugindo de resposta

Círio responde perguntando: “Eu não sei quem cairia, vc sabe?

Círio também ficou magoadinho, tadinho, com a forma amigável que tratamos o Flamengo e seus torcedores.

Comentário de flamenguista se enrolando

O Círio acha que o Aqipossa escreve o que escreve porque tem raiva ou ódio do Flamengo. Está errado, mulambinho magoadinho… O Aqipossa não fala e mostra detalhes deste podre e imundo time vermelho e preto porque temos raiva ou ódio dele. Nós temos raiva ou ódio dele porque sabemos justamente de tudo que é falado e mostrado aqui.

Mas Círio, como todo flamenguista, não podia deixar de falar mais uma besteira sem se dar conta. O Aqipossa até queria deixar o embusteado flamenguista em paz, mas não deu.

Comentário de flamenguista dando mole

Bem, a gente nem sempre consegue se fazer entender. Mas se se chega a vida adulta, acredita-se que se tenha passado pela escola, daí a obrigação de se saber escrever, mas não que se possa cobrar por exemplo, que se conheça sobre armas ou prevaricação. Aliás, flamenguista sabe como ninguém usar armas e a FlaPress de prevaricar. Mas, a resposta à pergunta inicial, Círio fica devendo. A resposta é clara, mas no mesmo lugar que se aprende a escrever, se aprende a contar.

A Matemática! A eterna complicação de flamenguistas

Explicando Matemática ao flamenguista


Fácil, Círio: 2+2=4 e 2+3=5. Tendo essas "complicadas" equações sido expostas, pode-se dizer que 5>4, (5 é maior que 4, mulambada) pois a segunda soma, que resulta no 5, compreende valores maiores (2 e 3) que os da primeira. (2 e 2)

O Aqipossa crê que isso tenha sido, após, talvez, uma meia hora, compreendido por Círio. Daí, voltamos a pergunta que ele não sabe a resposta, mais precisamente, a um detalhe dela:

Flamengo com menos pontos que o Fluminense, ou o Fluminense com mais pontos que o Flamengo?
Se na classificação final tivemos, após a penalidade imposta ao erro do Flamengo, (a bosta intocável que não se pode falar mal porque a torcida sem personalidade dele se magoa e faz beicinho) o fez perder 4 pontos, o mesmo ficou com pontuação MENOR que a do Fluminense, logo, se entendendo que o MENOR fica abaixo do MAIOR na classificação, então a resposta é clara, óbvia, limpa e cristalina: Caia o Flamerda, ops... Desculpe aos sensíveis torcedores do esgoto. Caia o FLAMENGÃO SUPER PODEROSO.

Certo de que não era possível desenhar nos comentários do Blog do Coronel Paúl, o Aqipossa tem certeza que esta explicação está a contento, no que melhor se pode fazer para a compreensão de que o Flamengo se salvou com a perda dos pontos que Héverton causou à Portuguesa e não o Fluminense.

Um conselho ao mulambo


Esqueça a pontuação. Não se zangue com o Aqipossa... Foque na MATEMÁTICA!!!

Sabemos que flamenguistas como Círio sabem a resposta para a pergunta. Eles apenas fogem dela alegando que o julgamento não seria o mesmo se a Portuguesa não tivesse errado, daí em seus pensamentos e conclusões, o Flamengo está novamente a salvo, esquecendo porém, que ELES MESMOS o colocam como o autor do Tapetão.

Já que o regulamento existe para ser cumprido e o julgamento do Flamengo seria diferente sem a Portuguesa, este estaria, então, sendo vergonhosamente beneficiado pelo STJD que só não cumpriria o regulamento nessa suposição de Círio, com o pretexto de o salvar.

Que dilema para flamenguistas como Círio... Ou foi a Portuguesa que salvou o Flamengo ou teria sido o STJD.

Que merda, hein, Círio?


Atualização (27/09/2016)

O mundo do Círio


Círio, como todo bom mulambo, certo de que tem a razão de tudo ao seu redor, não desiste jamais. Ainda lá pelas bandas do Blog do Coronel Paúl, continua deixando seus comentários no que ele acredita ser uma conversa de botequim. Mas responder a bendita pergunta, é praticamente impossível. Ele vive no que chamamos de mundo da imaginação.

Mulambo iludido em seu mundo de ilusão

Sejam bem vindos ao “mundo do Círio”, o mesmo mundo proselitista da FlaPress. (Corre no dicionário, mulambada) Círio vê ódio no que o Aqipossa escreve. Imagina o que veria se soubesse o que nem chegamos a escrever?

Esse mundo ilusório e completamente dominado pelas ideias favoráveis e convenientes ao amor e paixão que sente pelo lixo da beira da Lagoa, vai fazer com que se veja com razão até mesmo num 2+2 = 5. Basta pedir que pegue os títulos brasileiros do Flamengo até 2009 e peça para somar com o que pode ganhar em 2016, vocês verão que a soma será 5 + 1 = 7.

Círio quer direito de resposta. Tudo bem. Aqui está:


Círio encontra incrível explicação para fugir da realidade


Mas e quanto à pergunta...

Sem Héverton em campo naquele Domingo, quem seria o rebaixado? O Flamengo com menos pontos que o Fluminense ou o Fluminense com mais pontos que o Flamengo?
Para fugir da resposta que no fundo, no fundo, ele sabe, mas não pode aceitar porque seu “mundo” liquefaria, (Vai no dicionário de novo, mulambada) Círio recorre ao devaneio proposital. Agora, nem Flamengo e nem Fluminense foram salvos pela escalação irregular de Héverton, mas sim, a UNIMED!

Explicações alucinógenas de um flamenguista

...a verdade em que eu acredito, que tudo não passou de armação da cbf globo e stjd não pra salvar o fluminense mas pra salvar a Unimed.

Todo mundo ri de flamenguista

E não é só isso. Segundo Círio, essa salvação da UNIMED pela Globo, CBF e tudo mais, é a única explicação que faz sentido. Mesmo que não entendamos o porquê da própria Globo acusar a UNIMED após ter feito tudo para salvá-la. Mas se faz sentido em cabeça de mulambo, fazer o que?

Todo e qualquer ser humano, e com isso se exclui os flamenguistas, sabe que não falta elo algum nas informações passadas pelo Aqipossa e Coronel Paúl. A Imprensa e o Flamengo estão juntos na lama do Caso Flamenguesa.

Dá gosto saber que a ciência progride estudando mentes assim, como a de Círio, para evitar que futuramente a raça humana seja extinta. Círio deve ser considerado a salvação da humanidade se a ciência conseguir impedir que algum dia alguém seja como ele.


O Aqipossa não esconde. Queremos mesmo que a Imprensa se exploda e se borre toda com o esgoto vermelho e preto. Não temos raiva de flamenguistas, mas apenas daqueles que não demonstram a mínima capacidade de perceber o mundo ao seu redor. Em sua maioria, flamenguistas compactuam com todas as atrocidades do conluio Máfia do Futebol/Gávea/Imprensa. Uma faz, outra se beneficia e a terceira esconde os vestígios.

Ser flamenguista não é necessariamente aceitar cegamente o que ocorre com o Flamengo para continuar acreditando que seu time é intocável e limpo, porque não é e nem nunca será. Isso é ser mulambo. Não trocamos ideias com mulambos. Não tomamos nem umas, nem outras com mulambos. Quem não for, não se mistura. Se se ofende, é porque é e é melhor estar mesmo entre “seus pares”. Não damos a mínima pra isso. O que não aceitamos é a Imprensa diminuir todos os times para que o Flamengo pareça melhor que os outros.

Cosme Rímoli diz que Flamengo foi beneficiado pelo rebaixamento da Portuguesa em 2013

Postado por Aqipossa Informativo | sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Será que a Imprensa começa a despertar para a realidade? Blogueiro da Record fala a verdade sobre o rebaixamento da Portuguesa em 2013.


Se a Portuguesa não fosse rebaixada, o Fluminense, a princípio, cairia para a Segunda Divisão. Depois se descobriu que o Flamengo escalou o jogador André Santos de forma irregular contra o Cruzeiro. Perdeu quatro pontos. E seria ele e não o rival das Laranjeiras a ser rebaixado. Se não fosse por Héverton.” - Cosme Rímoli em seu blog, em 19 de Setembro de 2106, no R7, sobre o rebaixamento da Portuguesa em 2013.

Cosme Rímoli cita Flamengo como beneficiado pela queda da Portuguesa
Cosme Rímoli parece ser um dos primeiros a contestar o resto da mídia, totalmente corrompida pela “segurança” de não acusar o Flamengo. Segurança essa devido ao grande número que se acredita haver de torcedores rubro negros. Cosme não tem medo da Globo. Cosme não trabalha na Globo. Cosme não precisa proteger o Flamengo como a Globo protege. Cosme não ataca o Fluminense para encobrir que o Flamengo foi rebaixado para a Série B em 2013.

Cosme Rímoli ganhou seis vezes o prêmio Aceesp, como melhor repórter esportivo entre jornais e revistas de São Paulo. Trabalhou 23 anos no Jornal da Tarde. Começou com o blog no UOL, em 2009. Logo se tornou um dos dois mais acessados no esportes do portal. Cobriu 'in loco' as últimas seis Copas do Mundo, seis Eliminatórias para a Copa, quatro Copas América, dezenas de finais de Libertadores, Brasileiros e Campeonatos Paulistas. Mundial de Clubes no Japão 2011. O Pan-Americano do México. Três etapas do UFC. Olimpíadas de Londres 2012. Copa das Confederações em 2013. Foi, como enviado especial, a 29 países para cobrir eventos esportivos.


Imagem original do blog de Cosme Rímoli.

Lancenet bloqueia Aqipossa no Twitter após acusações de envolvimento no rebaixamento da Portuguesa

Postado por Aqipossa Informativo | quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Rede social do LanceNet prefere bloquear o Aqipossa a responder ou se explicar das acusações de envolvimento no rebaixamento da Portuguesa



Após diversas e quase diárias postagens do Aqipossa no Twitter, acusando o LanceNet de envolvimento direto e consciente no escândalo do rebaixamento de 2013, o perfil do Lancenet acabou por bloquear o Aqipossa do acesso a suas postagens nesta rede social. Não faz diferença nenhuma, já que realmente não nos interessamos por absolutamente nada que seja publicado nesta suja Imprensa super protetora do Clube de Regatas do Flamengo e que está envolvida até o topo da cabeça no caso Flamenguesa, o rebaixamento da Portuguesa no lugar do Flamengo.

O bloqueio se deve ao total de tweets publicados pelo Aqipossa citando o @lancenet no envolvimento do rebaixamento da Portuguesa no lugar do Flamengo em 2013. Envolvimento este devido aos fatos incontestáveis de que o Lance sabia desde o primeiro tempo do jogo em que André Santos jogou irregularmente (veja AQUI) e manteve em segredo o fato, deixando que o Brasil inteiro acreditasse que o Fluminense havia sido sumariamente rebaixado à Série B em 2013, quando na verdade, o LanceNet sabia que o Flamengo ainda seria, no mínimo, julgado pela irregularidade, podendo então, se punido, ser rebaixado no lugar do Fluminense. A explicação para isso é outra acusação feita, a de que aguardava o jogo da Portuguesa, que também erraria escalando Héverton irregularmente, para ser punida com os mesmos pontos que o Flamengo, ficando portanto, sempre abaixo do clube rubro negro, uma espécie de salvaguarda do time da Gávea.

Fosse esta mídia séria e sem culpa nas acusações, nos responderia em vez de fugir de dar explicações ou respostas, afinal, o que é o Aqipossa diante de uma mídia tão grande quanto o Lance?

Os tweets que tanto incomodaram o @Lancenet a ponto de preferir nos bloquear, estão listados abaixo. Qualquer seguidor do Aqipossa pode retuitar qualquer um deles assim que publicados novamente, como de fato o são e continuarão sendo, quase que diariamente no perfil do Aqipossa no Twitter. (https://twitter.com/aqipossa)

1 - No #FlaLusaGate, a Imprensa é parte do movimento. Ficou quieta, arquitetou junto e botou a culpa em outro para encobrir o Flamengo.

2 - http://aqipossa.blogspot.com.br/2015/03/rebaixamento-de-2013-farsa-do-site_14.html A farsa do site Lance! Ordem cronológica errada esconde Flamengo na Série B. Pq INVERTERAM a informação ao público??

3 - BR2013 Durante o jogo, o @Lancenet soube, no mínimo p/ site, q André Santos estava jogando. Não noticiaram isso PQ?

4 - http://aqipossa.blogspot.com.br/2015/01/rebaixamento-2013-o-momento-exato-em.html PQ o @lancenet, sabendo já no Sábado que o Flamengo seria punido, manteve as notícias do rebaixamento do Fluminense? Quem explica isso?

E se o Flamengo for campeão no ano do rebaixamento da Portuguesa?

Postado por Aqipossa Informativo |

Motivo do rebaixamento da Portuguesa, Flamengo campeão no ano que Lusa chega ao fim do poço chamará a atenção para injustiças desde 2013.


Com toda certeza a Portuguesa, como instituição, é um clube que não deveria, ou não mereceria, estar onde foi parar por culpa daqueles que não respeitam a instituição.

Flamengo envolvido no Rebaixamento da Portuguesa
A Portuguesa, não instituição, ou seja, aqueles que a representam desde 2013, se vendeu para o poder máximo do Futebol no momento, aquele que investe mais de um bilhão de Reais todo ano, a platinada desde os anos 60. O socorrido, ao que tudo indica, três meses antes do seu final, mediante gritantes colaborações da arbitragem a seu favor e de suspeitas arbitragens nos jogos de seus adversários diretos, será campeão brasileiro no mesmo ano do rebaixamento da Lusa, isso porque deve-se manter as atenções longe do perigo que há no ainda Canindé (posto a leilão) como por exemplo, nada mais a perder e falarem o que sabem, uma bomba gigantesca que não deve, a qualquer preço, vir à tona.

A bomba, uma interferência que comprovaria todas as suspeitas de anos anteriores, de acusações antes "coisa de antis", que então passam a "legítimas", mostraria a Imprensa sem pudor, abafando, atrapalhando, escondendo, além de, após um simples refazer de pensamentos sobre o caso, ter arquitetado e comandado todo o caso Flamenguesa desde o intervalo do jogo, Sábado, 7 de Dezembro de 2013.

Fica fácil entender porque o Ministério Público se calou de uma hora para outra após ter ele mesmo afirmado que encontrou provas de beneficiamento financeiro à dirigentes da Portuguesa: Se aquela que comanda o Futebol está envolvida no rebaixamento da Portuguesa, na interferência gravíssima da troca de times na zona do rebaixamento, (acusada por anos a fio por torcedores rivais de ser a protetora do Flamengo) for vista como aquela que pagou ou pressionou os dirigentes corruptos da Portuguesa para que sua ação, não permitida pelo regulamento da competição, a punisse de forma que ficasse atrás do Flamengo na classificação, evitando assim que este fosse um dos quatro rebaixados no campeonato, ela perderia toda a confiança não só dos torcedores, mas principalmente dos investidores e anunciantes. Uma avalanche que soterraria a Imprensa esportiva no Brasil por longos anos. A Globo fatalmente perderia os direitos de transmissão do Futebol nacional.

O Flamengo ser campeão brasileiro no mesmo ano de mais um rebaixamento da Portuguesa, vai ser o assunto que impedirá que se fale da tragédia, porém proposital, da Portuguesa, da mesma forma que foi, falar primeiro que o Fluminense foi rebaixado em 2013, motivo pelo qual, a FlaPress não informou que o Flamengo havia escalado André Santos no jogo contra o Cruzeiro, evitando assim que ao descobrirem o segundo erro, da Portuguesa, o Flamengo fosse visto como suspeito, uma vez que ficava claro que a Portuguesa seria rebaixada por ficar um ponto atrás do Flamengo.

O tiro pode sair pela culatra


Obviamente que não se deixará de falar no rebaixamento da Portuguesa, porém, este ocorreu em Setembro, e o título brasileiro será no início de Dezembro ou no final de Novembro. O contraste devedor campeão/credor rebaixado, não atrairá a atenção de quem não percebeu ainda o envolvimento do Flamengo no rebaixamento da Lusa, mas fica explícito para todos os que são mais inteligentes. E isso é um ponto importante para chamar a atenção dos torcedores da Portuguesa e qualquer outro que não tenha ido a fundo no caso Flamenguesa.


Toda matéria sobre o rebaixamento da Portuguesa à Série D vai ter obrigatoriamente na Imprensa corrompida duas coisas: Lembrar do Fluminense e não citar o Flamengo. Torcedores do Fluminense vão voltar a ser atacados por aqueles não sabem sequer o que estão falando, como o blogueiro Paulinho que permanece na inércia sobre o caso, acusando a UNIMED de ter feito o que a Globo fez. Isso levará os tricolores a se protegerem das acusações, buscando a verdade e voltando a tocar justamente no assunto proibido da FlaPress. A situação agora passa a ser outra diferente do contraste inicial, pois um terceiro envolvido entra na questão: devedor campeão/credor rebaixado/inocente acusado.

Tem torcedor, e não precisa ser flamenguista, que não aceita o Flamengo no caso da Portuguesa por um único motivo: A concentração de Héverton um dia antes do jogo. A explicação para isso é simples, pois ele estaria irregular antes do próprio erro do Flamengo e que não faria sentido o Flamengo ser beneficiado de algo antes mesmo de precisar, pois ainda não havia cometido o erro de escalar André Santos. Mas estes torcedores apenas estão inertes e não perceberam ainda que não faz diferença se Héverton estava concentrado ou não para o jogo, porque é comum jogadores que aguardam julgamento, se concentrarem, uma vez que, se absolvido, não ficaria fora da partida por não ter se concentrado, e se não for absolvido, pelo menos, mal não fez em estar concentrado junto com os companheiros.

É talvez até mais evidente o envolvimento do Flamengo, pois sabendo que Héverton estava concentrado, sabia que este não acharia estranho participar do jogo, mas imaginem se não estivesse? Teria que ser chamado em cima da hora para o jogo, sendo o único não concentrado, chamando a atenção dos companheiros e tendo que se calar ao pedir explicações sobre ter que ir jogar mesmo não podendo. Era uma condição perfeita ao time que estaria sendo beneficiado e como se sabe, o único que sabia que perderia pontos e entraria na zona do rebaixamento, era o Flamengo, já que a Imprensa não relatou o erro de Sábado. Tudo era segredo, menos para a FlaPress e o próprio Flamengo.

O torcedor da Portuguesa precisa começar a buscar a verdade para não ser tratado como otário pela mídia e por outros torcedores. O Flamengo, motivo pelo qual Héverton entrou em campo naquele dia, vai ser campeão brasileiro no mesmo ano em que a Portuguesa foi rebaixada à Série D. Enquanto só enxergarem equivocadamente o Fluminense como o culpado por isso, estarão deixando livres os verdadeiros envolvidos, a Globo, o Lance e o Flamengo.

O Suicídio da Portuguesa em 2013 a levou à Série D em 2016

Postado por Aqipossa Informativo | segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Quem colocou a Portuguesa na Série D? Os dirigentes que a venderam para salvar o Flamengo ou seus torcedores que não buscaram ainda a verdade?


Não venha o torcedor brasileiro achar que a Portuguesa foi morta, destruída ou desmantelada sob qualquer aspecto do caso Flamenguesa em 2013. Ela cometeu suicídio ao aceitar trocar de lugar com o Flamengo na classificação final do Brasileirão em 2013. Os motivos para isso estão entre várias opções e não podemos deixar de citar que o Ministério Público de São Paulo, que investigou o caso, mesmo que acreditando que a Portuguesa fora vítima de um erro de interpretação da Lei esportiva, encontrou e relatou abertamente, ter encontrado indícios de vantagem financeira em favor da Lusa.

Portuguesa se vendeu para salvar o Flamengo em 2013

Acreditamos que passados mais de 1000 dias do rebaixamento do Flamengo à Série B em 2013, não exista alguém tão inocente que leia Portuguesa e pense no clube ao falarmos do caso do rebaixamento do Flamengo em 2103. Quando falamos Portuguesa ou Lusa, estamos nos referindo a alguém responsável por ela em Dezembro de 2013, que a usou em benefício próprio. Pode ser também mais de um, obviamente. Há quem não consiga encaixar as informações por entender errado, por exemplo, o porquê do clube ter trocado o dinheiro do patrocínio da Globo, que paga mais a quem está na Série A, para receber um valor menor da emissora, que paga menos a quem está na Série B. Se este inocente torcedor conseguir compreender que esse alguém responsável pela Portuguesa não a estava representando de fato, e que o dinheiro que o Ministério Público anunciou como sendo usado como vantagens financeiras, não foi para o clube e sim para ele e seus comparsas, talvez ele comece a ver as coisas de forma diferente.

Falamos então Portuguesa por não sabermos que é esse alguém responsável por ela, mas que a levou ao suicídio. Quem aceitou vender a vaga da Portuguesa, está literalmente “cagando e andando” para o clube. O suicídio da Portuguesa é tão somente pelo fato de mais ninguém no clube, nem internos (dirigentes, conselheiros e associados) ou externos (a grande torcida lusitana) terem tido o menor interesse em buscar a verdade, tendo sim, aceitado com passividade a primeira explicação dada pela mídia, envolvida até o pescoço, como já ficou comprovado neste blog e em diversos outros, como o do Coronel Paulo Ricardo Paúl.

Precisando esconder o verdadeiro culpado (Flamengo) que errou no Sábado escalando um jogador irregular (André Santos) e que ao perder os pontos no STJD, ficou na zona do rebaixamento, acusava e já condenava o Fluminense, que ao vencer o Bahia na última rodada, só permaneceria rebaixado até que o STJD informasse a irregularidade do Flamengo, que assim, ficava com menos pontos que o Tricolor, mas que seria coincidentemente salvo do rebaixamento pelo erro da Portuguesa. (Héverton)

O que leva o torcedor da Portuguesa e os dirigentes NÃO envolvidos no esquema descoberto pelo MPSP, a não enxergarem o Flamengo e a Imprensa como os principais e únicos envolvidos no caso?

Como não entendem que o Flamengo, com menos pontos que o Fluminense, não foi o time que se salvou com a escalação irregular de Héverton?

Como não estão compreendendo que a Imprensa sabia do erro de André Santos ainda no primeiro tempo do jogo contra o Cruzeiro, e mesmo assim, manteve em segredo até o momento de mostrar o Fluminense como rebaixado para que todos acreditassem que foi este o time que se salvou?

Como não se questionam sobre qual o time estaria rebaixado se Héverton não estivesse irregular, o Flamengo que ficou em 16º ou o Fluminense que ficou em 15º?

Porque não analisam como estranho que o advogado do Flamengo tenha começado a defender também a Portuguesa no STJD, se em caso de absolver apenas a Lusa, quem seria o rebaixado seria o seu próprio time, o Flamengo?

Não perceberam ainda que seus maiores aliados são na verdade os torcedores do Fluminense, tão determinados a buscar a verdade, que foram até o Ministério Público pedir cópias do Inquérito Civil?

Porque agora, no fundo do poço e sem mais nada a perder, em vez de quebrarem a sede do clube, não cobram uma posição “de homem” dos dirigentes da Portuguesa e os façam contar a verdade que todo mundo vê, mas que eles insistem em compactuar com a mentira da Imprensa?

A inércia desde Dezembro de 2013 sufocou a Portuguesa, espremeu todas as suas forças, esvaiu dela todas as esperanças e a fará agonizar na Série D. Você, torcedor, vai esperar o fim de 2017, sem estádio, que deve ser leiloado em breve, e sem time pra torcer, ou começará a agir? A Portuguesa não vai sair da Série D por isso, mas você pode colocar lado a lado, os verdadeiros envolvidos e culpados pelo que vocês estão passando.